Dom

05

Mai

2013

O que é a Biodescodificação ou BioNeuroEmoção

Dando a connecer a Biodescodificacao ou Bioneuroemocao

As ideias apresentadas neste texto, devem-se ao trabalho de multiples investigadores.

As emocoes afectam a nossa fisiologia e' algo que ja' vem de longe. Carl Jung ja' tinha algumas reflexoes de grande clarividencia: "A doenca e' o esforco que faz a natureza para curar o homem", ou esta outra " A visao so' chegara' quando cada um olhar dentro do seu coracao. O que olha fora de si, sonha, o que olha dentro de si desperta", ainda outra para reflectir e que dizia: "Antes prefiro ser um homem completo a ser uma pessoa boa".

 

Fazendo um salto no tempo teriamos que falar de Hamer e falar de Hamer e' polemico. Mas ha que reconhecer-lhe a sua visao e o seu trabalho em descobrir os mapas cerebrais e encontrar neles a relacao biologica, quer dizer, quando se activam emocoes devido aos conflitos que todos temos, tanto biologicos como emocionais. Hamer deixou-nos uma metodologia para aceder ao inconsciente e provocar nele as mudancas necessarias para a cura. Ha' tambem uma serie de outros investigadores como Claude Sabbat, Marc Frechet, Anne Schutzenberg, Francoise Dolto, entre muitos outros que contribuiram para isso, buscando as causas emocionais que ha' detras de cada doenca e, mais tarde com o discipulo de Hamer, o Dr Vicens Herrera, desenvolve uma tecnica, no ano de 2000, que se chamou de cura emocional.

 

O nosso cerebro veicula as emocoes gracas ao cerebro emocional, e' como um cerebro dentro de outro cerebro. Este cerebro conta com uma arquitectura distinta, com uma organizacao celular diferente, e inclusive com propriedades bioquimicas distintas do resto do neocortex. Este cerebro emocional funciona independentemente do neocortex.

 

O cerebro emocional controla tudo o que rege o bem estar psicologico e uma grande parte da fisiologia do corpo. As desordens emocionais sao consequencia de disfuncoes deste cerebro. Estas disfuncoes te^m origem  em experiencias dolorosas vividas no passado e sem relacao com o presente, mas que ficam impressas no cerebro emocional. Estas experiencias costumam controlar as nossas percepcoes, a's vezes varias decadas depois.

 

A tarefa principal do biodescodificador e' reprogramar o cerebro emocional de modo a adaptar-se ao presente em vez de continuar a reagir a situacoes do passado.

 

A biodescodificacao ou bioneuroemocao pretende ensinar e acompanhar o cliente a esta

 zona escura, a esta area de dor ancorada no inconsciente, e substituir a emocao que causa o mal estar.

 

A biodescodificacao ensina-nos a buscar e a encontrar dentro de no's e nos outros a coerencia emocional, ensinando-nos, tal como nas tradicoes espirituais do oriente, que a compaixao ate' ao ser interior nasce da compaixao pelo mundo exterior.

 

Vamos despertar esta Inteligencia Emocional. Vamos a ser conscientes do poder que temos de auto-curarnos. A biodescodificacao e' um caminho.

 

 

 

(extraido do Tratado de Biodescodificacao de Enric Corbera)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Escrever comentário

Comentários: 3

  • #1

    Ana (sábado, 02 novembro 2013 19:27)

    Oi gostaria de saber mais sobre esse tema

  • #2

    fernanda batista (sexta, 07 fevereiro 2014 13:32)

    Ola' Ana! Em que posso ajudar? Para ser mais facil pode contatar-me pelo mail: matisse2863@hotmail.com. Tambem pode seguir a pagina do facebook em Biodescodificao ou Bioneuroemocao.

  • #3

    Luís Costa (quarta, 06 agosto 2014 14:02)

    Gostaria saber como poderá a Biodescodificação ajudar a minha filha a ultrapassar um problema/doença que a atormenta desde 2009...
    Obrigado

  • loading

Consulte página no facebook: Biodescodificação ou BioNeuroEmoção, lisboa. Veja as partilhas que estão sendo feitas e que podem ser-lhe úteis.

Vídeo Informativo

Telefone:

(351) 916 099 348 (Portugal)

(5541) 91062811 (Brasil)

 

Email:

matisse2863@hotmail.com

 

Facebook

Para consulta de BioNeuroEmoção e de Pediatria Psicossomática, enviar mail com a sintomatologia e o diagnóstico médico.

Declaração de autoestima de Virginia Satir:

EU SOU EU